sábado

A VIDA E O TEMPO

(Mario Quintana)

 
A vida é um dever que nós trouxemos para fazer em casa.
Quando se vê, já são seis horas!
Quando se vê, já é sexta-feira ...
Quando se vê, já terminou o ano ...
Quando se vê, perdemos o amor de nossa vida.
Quando se vê, passaram-se cinqüenta anos!
Agora é tarde demais para ser reprovado.


Se me fosse dado, um dia, outra oportunidade,
eu nem olhava o relógio.
Seguiria sempre em frente e iria jogando fora pelo caminho,
a casca dourada e inútil das horas


Desta forma, eu digo:
Não deixe de fazer algo que gosta, devido à falta de tempo,
Pois a única falta que terá,
Será desse tempo
Que infelizmente não voltará mais.

3 comentários:

  1. Querida Isabelle,
    Há na epígrafe do site do escritor mineiro Rubem Alves o seguinte pensamento: "Carpe Diem quer dizer "colha o dia". Colha o dia como se fosse um fruto maduro que amanhã estará podre. A vida não pode ser economizada para amanhã. Acontece sempre no presente."
    O tempo é sempre um mistério que se faz presente nas entrelinhas dos poetas, mas me parece que todos concordam na sabedoria daqueles que melhor o aproveitam...
    Beijos,
    Genny

    ResponderExcluir
  2. Olá! Saudações Literárias...
    Passei por aqui e achei muito bem cuidado seu espaço. Parabéns!
    Sempre que eu puder voltarei.
    Abraços de Luz.
    Visite o ILUMINANDO A VIDA.

    ResponderExcluir
  3. Isabelle passei para conhecer seu blog ele é not°10, show, fantástico, muito maneiro com excelente conteúdo você fez um ótimo trabalho desejo muito sucesso em sua caminhada e objetivo no seu Hiper blog e que DEUS ilumine seus caminhos e da sua família
    Um grande abraço e tudo de bom

    ResponderExcluir

Comente!